Identificando Defeitos Em Placa-mãe – PROBLEMAS E SOLUÇÕES

PROBLEMAS E SOLUÇÕES  

É necessário que avalie bem visualmente a placa antes de efetuar qualquer procedimento, pois é possível que encontre danos visíveis como capacitor estufado, fusíveis queimados e etc. 

Algumas vezes será inviável e perderá muito tempo em placas muito oxidadas. 

Para todos os procedimentos a seguir, se você fez todos esses testes e não deu certo, certamente há um problema mais grave que não há como resolver como:

Trilha interna rompida ou dano no chipset BGA e nesse caso poderá descartar a placa. 



Placa-mãe não aparece vídeo (liga, mas não aparece nada
na tela):

1º – Faça uma análise completa e minuciosa da placa-mãe. Verifique se não
há oxidações em toda a placa que comprometam as trilhas e causem curtos
ou rompam caminhos. 

Se houver, tente retirá-las, raspando com uma chave de fenda com cuidado para não danificar as trilhas. 

Você pode também utilizar lixa fina. Se perceber alguma trilha rompida, tente refazer a parte rompida com solda ou ponte de fio cobreado o mais fino possível. 

Cuidado para não danificar mais ainda com o ferro muito quente. Esse é um processo que chamo de artístico e necessita de muita prática e paciência porque você vai lidar com estruturas pequenas e muito próximas. 


OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: É indispensável que após remover
qualquer componente e recolocar ou raspar a placa você faça uma
limpeza com álcool isopropílico na área antes de testar e no caso de raspar ou lixar, se deu certo, você precisa isolar a parte exposta com verniz especial para placas ou até mesmo o esmalte incolor (base). 

Se não resolver passe para o passo a seguir;

2º Verifique visivelmente se não há capacitores estufados ou com invólucro
derretido e/ou com vazamento em sua parte inferior. Verifique as tensões nos
capacitores da fonte PWM. 

Se não estiver na faixa do processador, há um problema de tensão que você vai ter que identificar testando os componentes
ou trocando-os por vez: Transistores FET, Capacitores, CI Regulador dee Tensão. 

Você deve efetuar a troca dos componentes se estiver queimando
processador. 

Também há a possibilidade de haver fuga de tensão, que você identifica facilmente se no pino terra dos componentes houver mais que 0.2 de tensão. Nesse caso você vai ter que e
ncontrar o componente com fuga e 
trocá-lo. 

Se não há problema com as tensões, passe para o passo seguinte:


3º – Um grande vilão em problemas de placa: A BIOS. Troque-a por uma
outra pré-testada de uma mesma placa. Caso não funcione, siga o passo
seguinte:

4º – Verifique cada componente smd: Capacitores, resistores, (meça tensão
em cada extremidade). Verifique se não há fuga no terra (+ que 0.2v), ou se
falta tensão. Troque-os se houver alterações. Se não resolver passe para o
passo seguinte:

5º Efetue e troca dos seguintes componentes na seqüência: Cristal 32k,
Cristal 14Mhz, chip gerador de clock, Chip Super I/O. Em cada troca ligue a
placa para ver se resolveu.

6º Se não conseguiu resolver, você pode fazer uma revisão novamente para
ver se não deixou passar alguma coisa no teste. 

Há possibilidade de a placa estar em curto por causa de sujeira ou estática. Sabe como resolver isso?

Bom, resolvo muito isso lavando a placa com sabão neutro. Aliás, sempre
faça esse procedimento primeiro se não encontrou nenhum dano visível. 

Você retira a bateria e bios, coloca em água corrente para retirar a sujeira mais
grosseira, depois coloca sabão neutro e com uma escova de preferência com
pelos bem flexíveis você esfrega com cuidado para não arrancar pequenos
componentes smd. 

Esfregue bem e com cuidado principalmente as perninhas dos chips, pois ocorre muito curto de poeira sintética nesses locais. 

Embora profissionalmente não seja recomendado lavar, tenho resolvido muitos problemas, assim como outros colegas dizem o mesmo. 

Alguns falam que acontecem reações químicas por causa dos componentes do sabão ou acelera o processo de oxidação, mas a verdade é que tenho placas que foi feito isso e não retornaram até hoje com defeito. 

Na minha opinião, se for feita secagem rapidamente não há riscos. 

Mas se não quiser arriscar você pode gastar dinheiro e comprar benzina e mergulhar a placa dentro por alguns minutos.

Em qualquer dos casos você deve secar bem a placa com um secador de cabelos, deixá-la em repouso (pode ser no sol ou em estufa) e fazer o teste
só após 24 horas.

Outra dica para remover eletricidade estática é envolver a placa com papel
alumínio. È necessário que ela esteja completamente desligada, sem bateria e
sem tensão nos capacitores da fonte PWM.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*