8 Dicas – O Novo Profissional de Assistência Técnica

Como técnicos em manutenção, devemos estar preparados para esperar o inesperado e agir de maneira eficaz e eficiente, sempre de forma limpa, organizado e, acima de tudo, com a ética e honestidade. 

O tempo de fazer nas coxas ou dá um jeitinho já não existe mais. O mercado se tornou extremamente exigente e selecciona a dedo os profissionais que permanecem nele. 

Para isso, é preciso seguir alguns planos: 

1. Invista em você, no seu know-how. Não adianta trabalhar na área de tecnologia sabendo apenas o básico. 

Você precisa se manter afiado: faça cursos novos e actualizações profissionais, frequente palestras, workshops, feiras de Tecnologia, Leia livros, revistas e jornais e discuta sobre o assunto com outros profissionais da área. 

2. Em Star Wars, diz o Mestre Yoda: Não tente faça ou não faça. 

Em nosso rumo, diante de um problema que não se tem ideia de como solucionar, o técnico procure informações, casos similares e soluções antes de cometer uma tragédia por meio do Popular método de tentativa e erro, no qual há grande chance de erros que podem piorar a situação. 

3. Previna seus clientes, esteja sempre à frente dos problemas, faça de tudo para preveni-los ou pelo menos se prepararem para quando ocorrerem. Uma boa dica é mostrar a seus clientes como fazer uma limpeza e desfragmentação de disco. 

Mantenha antivírus sempre actualizados, como também sistemas operacionais, Firewalls e etc. 

4. Ouça o cliente. Captura e todas as informações que puder do cliente, de maneira que elas possam lhe auxiliarem na manutenção. 

5. Aprenda com a experiência. Em informática, existem pelo menos três maneiras de resolver o mesmo problema, porém sempre será interessante se você optar por aquela que já usou e com a qual obteve resultado positivo. 

Exemplo: se no problema K Você fez X passos para resolvê-lo, então sempre que encontrar K faça primeiramente esses X passos para poupar tempo e custos. 

6. Mantenha a calma. 
Todo técnico, sem exceção, deve Primar por essa qualidade. 

Manter a calma e focar o trabalho na resolução do problema e não no problema e se tornará mais fácil a manutenção e minimiza a chance de erros acontecerem. 

Lembre-se: muitas vezes o problema mais complexo tem a solução mais simples. 

7. Conheça o ramo dos seus clientes. É imprescindível conhecer o ramo de atuação do seu cliente para saber que tipo de informações ele trata e utiliza naquele equipamento. 

Isso é fundamental para que você possa ter noção da responsabilidade e das ações que podem desempenhar. 

8. Seja educado e mantém na postura. Sem dúvida, imagem de uma década de experiência nesta área você encontrará usuários furiosos e extremamente descontrolados pelo fato de seu equipamento está com problema. 

Nesse momento, é necessário muita cautela para não perder a postura, a educação é, por fim, o cliente. 

Quando isso acontecer, use a melhor opção que tem: seja gentil, educado e tente esclarecer ao cliente que fará o melhor no menor tempo possível para resolver o problema. 

Não tente explicar o que está acontecendo e muito menos de quem é a culpa do problema. Ele nunca vai entender, e você vai se perder ainda mais nas conversas. 

Seguindo esses passos e prestando um bom serviço ao cliente com o máximo de excelência, tudo deve fluir bem e em seu trabalho como técnico em manutenção

O principal problema hoje é que a maioria das peças, são fabricadas de forma descartáveis, com ênfase nos chineses.

“A informática está sempre mudando e crescendo, é nosso papel sempre se manter atualizado… Costumo ler muito, praticar bastante e também participar de cursos na área, como este, de manutenção de notebook.


Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*