As ferramentas de um Laboratório de Manutenção em Notebooks

Laboratório de Manutenção em Notebooks

Um laboratório de manutenção de notebooks, a priori, não é tão diferente de um que faça manutenção de desktops, a não ser por algumas ferramentas específicas que veremos a seguir:

Estilete

O estilete profissional tem uma utilidade incrível, seja pra abrir uma embalagem de um equipamento ou componente novo, seja para desencapar fios. Sua presença é imprescindível.

Chave Phillips

A Chave Phillips são as principais ferramentas de um técnico, já que a grande maioria dos parafusos é do tipo Phillips.
 
Chaves Phillips de precisão são essenciais quando precisamos inserir ou retirar parafusos em locais de difícil acesso ou parafusos menores que requeiram uma ponta mais fina e delicada.
 
Por isso, não se esqueça de compra uma da melhor marca que puder.

Alicate de bico

Alicate de bico é outra ferramenta de extrema necessidade. Com sua versatilidade pode até substituir a pinça para retirar/segura componentes e outras peças. Compare preços no Buscapé

Alicate de corte

O alicate de corte com mola é utilizado não somente para cortar fios, mas também para aparar componentes, antes ou após a soldagem. Compare preços no Buscapé

Chave tipo Canhão

A utilização da chave tipo canhão é necessário em parafuso sextavados, pois garante uma melhor fixação. Compare preços no Buscapé

Osciloscópio

O Osciloscópio digital é um equipamento para eletrônica avançada utilizado no diagnóstico dos componentes da placa-mãe. Compare preços no Buscapé

Multímetro Digital

O Multímetro Digital sempre deve estar na maleta do técnico, pois é com ele que são verificadas as tensões nas fontes e componentes do notebook. Compare preços no Buscapé

Caneta-Borracha

A caneta de borracha é a melhor maneira de limpar contatos de placas sem agredi-las.

Lanterna de Inspeção

A lanterna de inspeção com haste flexíveis é usada para clarear locais específicos das peças, como trilhas ou chipsets.

Lupa de inspeção

Para certeza de verificação nos componentes, a lupa de inspeção, em conjunto com a lanterna de inspeção, possibilita enxergar as inscrições e códigos dos componentes SMD.

Soprador térmico

O soprador térmico e utilizado na dessoldagem de componentes SMD, como também na verificação do componente (que dá problema ao aquecer).

Pincel e Pinças

O pincel é útil para retirar aquelas sujeirinhas entre slots ou componentes. Pode ser usado também após a limpeza dos contatos.
 
As pinças são essenciais para pegar pequenos componentes e auxiliar na remoção/colocação de itens.

Ferro de Solda

O ferro de soldar é utilizado na soldagem ou dessoldagem de componentes. Deve ser um ferro de solda de eletrônica, de no máximo 30 W, com ponta cônica fina que chega a temperatura de 380″ C.

Sugador de Solda

O sugador é necessário para a retirada de solda do circuito, depois que tenha sido esquentada com o ferro de soldar.
 
O suporte é utilizado para descansar o ferro de soldar enquanto se trabalha, não permitido que ele queime a superfície de mesas, equipamentos ou cause acidente ao técnico.

Estação de Retrabalho

A estação de retrabalho é de extrema importância quando necessitamos fazer reparos em componentes de maneira eficiente e eficaz. Possui controle de temperatura e vazão de ar e é possível configura-la de acordo com a necessidade.

Ferramentas de Apoio SMD

O kit de ferramentas de apoio SMD, muito utilizado em componentes SMD e em reparos de circuitos eletrônicos em geral, possui diversas ferramentas de precisão para o auxílio na remoção de fios e oxidações, na desobstrução de furos e passagens, na remoção de resíduos de solda, no alinhamento do SMD, no corte e no acerto das trilhas entre diversas outras utilizações.
 
Bem neste artigo, vimos a necessidade das ferramentas em nosso dia a dia como técnicos em manutenção de notebook. Um grande abraço.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*