Quais os principais aspectos para se tornar um Arquiteto de Software?

arquiteto de software

Qual a função do arquiteto de software dentro da carreira de desenvolvimento de sistemas? Confira em quais áreas que esse arquiteto pode trabalhar e como os aspectos tecnológicos impactam o estudo da arquitetura de software.

Estes aspectos tecnológicos podem ser considerados os mais necessários para um arquiteto?

Veja quais as competências almejadas de um arquiteto de software, além dos estudos técnicos.

Como esta posicionado o Arquiteto de Software na carreira de desenvolvimento de sistemas?

Então os arquitetos de software tem de tomar decisões alinhadas com o objetivo da organização em que ele trabalha.

Geralmente começam como desenvolvedor ou como testador. Aí ele vai progredindo na carreira até chegar o momento nessa carreira em que ele tem que tomar a decisão para que lado ele vai, se é pra gerencial ou a outra técnica.

Se ele quiser seguir uma carreira gerencial ele vai ser um gerente de projeto, gerente processos ou algo do tipo.
 
Se escolher o lado técnico ele vai estar ligado às questões técnicas do projeto em que ele está envolvido, pode ser um gestor de infra ou então um cientista dados, uma profissão que estar em alta hoje.

Existem vários níveis de atuação de um arquiteto de software?

 
Sim também existem níveis de arquitetos, da mesma forma que existem os níveis de um gerente, de um analista por exemplo: pleno, sênior, júnior e etc.
Existe também essa diferenciação no arquiteto de software.
 
No mercado vemos muito essa nomenclatura do arquiteto técnico, arquiteto de soluções e o arquiteto corporativo, seria uma analogia desses desses níveis.
 

Arquiteto de software técnico

 
O arquiteto de software técnico vai estar mais preocupado com questões técnicas do projeto em que ele está envolvido.
 
Então por exemplo, tem lá um projeto de desenvolvimento de um aplicativo móvel, ele vai estar alinhado com à parte técnica envolvendo aquele aplicativo.
 

Arquiteto de software corporativo

 
Do outro lado também tem o arquiteto de software a nível corporativo então aqui ele é considerado nível estratégico.
 
Então ele precisa entender a estratégia da empresa e como traduzir isso em uma arquitetura de software pensando não só para um projeto específico mas pensando também a longo prazo, como essa arquitetura vai ajudar a empresa a alcançar os seus objetivos estratégicos.
 
Reunir informações sobre os problemas projetando soluções. Ele também é responsável por tomar decisões técnicas como por exemplo qual Framework utilizará, qual padrão de software utilizar é também servir de apoio para a equipe técnica.
Se desejar, pode assistir um vídeo abaixo

 

Tenho uma informação muito relevante para você.

O *Seminário Data Universe* promovido pelo IGTI começa na próxima segunda-feira, dia 26 de abril. Serão 4 dias de muito conteúdo e interação com os melhores profissionais do universo dos dados.

E durante este evento que é totalmente online e gratuito, será apresentada uma super novidade: o *Módulo Internacional* do IGTI!

Assista esse vídeo e conheça os speakers.

Acesse e o link abaixo e faça sua inscrição:

https://tinyurl.com/Universe-dados

Adquira novos conhecimentos, aumente seu networking e saiba mais sobre o Módulo Internacional!

Um abraço.

Comentarios

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta