Como montar um E-commerce: primeiros passos para vender online

Tempo de leitura: 3 min

Escrito por Tecno Dicas TI
em Fevereiro 17, 2022

Trilhas: Desenvolvimento Fullstack e Arquitetura de Software. Desenvolvimento Front-end e Mobile. Gestão de TI, Inovação e Transformação Digital.

Participe do seminário Dev Summit - 4ª Edição!!

Como montar um E-commerce: primeiros passos para vender online

A pandemia global fez com que muitas empresas repensassem a forma como trabalham, por isso é natural que empresas que não estarão oferecendo seus produtos online até então procurem esse recurso para se manterem ativas ou, de preferência, aumentarem as vendas.

Quer saber como construir um e-commerce do zero? Portanto, continue lendo este artigo, pois darei algumas dicas para ajudá-lo a colocar sua loja online em funcionamento.

Primeiros passos para começar a vender online.

Primeiro você precisa decidir o que está vendendo, se você está neste artigo já deve ter tudo organizado, certo? Vendedores, o planejamento de tudo isso precisa acontecer da mesma forma como se você tivesse montado a sua loja física.

Um planejamento cuidadoso é essencial para que tudo corra bem, porque sem surpresas é muito melhor, por isso organiza as licenças e contratos necessários em toda a estrutura e todas as etapas de sua operação.

Marketplace ou uma loja virtual?

Antes de tudo você precisa determinar se você quer ter um Marketplace ou uma loja virtual só sua existem grandes diferenças nesses dois modelos.

O Marketplace já oferece boa parte da operação, como layout, exibição do seu produto, forma de pagamento e também forma de entrega. Mas ele reterá lá uma porcentagem de cada venda de sua loja.

Se você optar por uma loja virtual própria, também precisará investir, pagando alguém para criar um layout. Você vai precisar estudar as melhores formas de entrega do seu produto e também estudou e as melhores formas de pagamento que atendam às suas necessidades.

Esta é uma forma segura para os consumidores comprarem seus produtos, então provavelmente é hora de você estruturar seu E-commerce.

Você escolheu Marketplace existe mercado livre, Amazon, p2w, netshoes, depende do que você vende lá é bom pesquisar e entender o que mais corresponde com sua marca.

Agora Marketplace não é para mim, quero meu próprio negócio, minha própria loja online. Então vamos para os próximos passos.

Plataforma de Vendas Online

Tem muitas opções bacanas por aí com preços super acessíveis. Existem várias opções disponíveis no mercado. Shopify, Nuvemshop, é um dos mais acessíveis. Na loja integrada você pode, por exemplo, montar sua loja virtual em poucos minutos.

Agora se você quer uma operação um pouco mais completa, um pouco mais complexa, você vai encontrar a plataforma que melhor funciona para o seu negócio.

Se você já usa o RD Station Marketing, é super importante escolher uma plataforma que já tenha integração com a ferramenta. Dessa forma você poderá recuperar clientes que abandonaram produtos no carrinho, por exemplo, ou criar um fluxo médio entre muitas outras ações.

Logística

E-commerce tem tudo a ver com logística. Pense em quem e como você vai receber, prepare-se para enviar seus pedidos, é hora de pensar na logística do seu e-commerce.

Mas sabemos que muitos casos podem ser resolvidos com dois funcionários, por exemplo, um responsável por receber e preparar o pedido e outro por enviá-lo, ou mesmo um funcionário responsável apenas por toda essa parte do processo.

Novamente, depende muito. As variações dependem muito de quanto e do que você vende.

Formas de pagamento:

Definir as formas de pagamento é um ponto muito forte que você deve pensar na hora de estruturar o seu E-commerce.

Defina formas de pagamento seguras tanto para quem está comprando quanto para quem está vendendo.

O ideal seria poder oferecer ao seu cliente todas as formas de pagamento é chave pix cartão de crédito.

O uso de intermediários e carteiras digitais vem crescendo muito nos últimos anos. No primeiro trimestre do ano passado, o uso de serviços cresceu 65% aqui no Brasil. Além da segurança nas transações, essas empresas costumam oferecer cashback aos seus usuários.

Registrar seu produto

É bom dizer que você precisa dedicar tempo e esforço ao registrar seu produto, essa parte é crucial na hora de fazer uma venda, pois quanto mais detalhes sobre seu produto além da descrição, maiores serão suas chances de realizar uma venda.

Comece hoje seu teste grátis do RD Station Marketing!

 

Vídeo que inspirou esse texto Aqui

Você vai gostar também:

Trilhas: Desenvolvimento Fullstack e Arquitetura de Software. Desenvolvimento Front-end e Mobile. Gestão de TI, Inovação e Transformação Digital.

Participe do seminário Dev Summit - 4ª Edição!!